quarta-feira, 25 de agosto de 2010

A história do Nordeste: voz de Luiz Gonzaga


Durante a história da música popular brasileira, vem os ritmos do longínquo nordeste ganhando foros de civilização, deixando as rústicas cabanas de taipa – onde é dançada no chão de barro batido, à luz bruxoleante de fumacentos lampiões – para ascender aos mais aristocráticos ambientes.

Todavia, há um fato importante a observar, a popularidade da música nordestina (côco, rojão, frevo, baião, etc.) se deve a um sanfoneiro, um músico e compositor que fez escola. Trata-se evidentemente, de Luiz Gonzaga, carinhosamente apelidado de “Lua”.

Luiz Gonzaga aproveitou motivos de sua terra e incorporou-se em luzentes composições musicais representados neste álbum. Gravado pela RCA Victor esse LP de 8 polegadas apresenta oito números bem representativos da literatura musical nordestina, seis dos quais de co-autoria do próprio Gonzaga. (Texto e disco enviados pelo DJ RICK)

A história do nordeste – Na voz de Luiz Gonzaga
RCA Victor

01 – Paraíba (Humberto Teixeira – Luiz Gonzaga)
02 – Respeita Januário (Humberto Teixeira – Luiz Gonzaga)
03 – Saudade de Pernambuco (Sebastião Rosendo – Salvador Miceli)
04 – O Xote das Meninas (Zé Dantas – Luiz Gonzaga)
05 – O ABC do Sertão (Zé Dantas – Luiz Gonzaga)
06 – Acauã (Zé Dantas)
07 – Algodão (Zé Dantas – Luiz Gonzaga)
08 – Asa Branca (Humberto Teixeira – Luiz Gonzaga)

3 comentários:

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Professor Luiz Reginaldo
Parabéns por mais esse espaço de divulgação da rica cultura nordestina. O conteúdo está excelente. Eu já virei um seguidor.
Abraços!

Prof. Adinalzir disse...

Aqui no Rio de Janeiro, o meu falecido pai era um grande fã do Luiz Gonzaga. Dos quatro aos dezoito anos, cresci ouvindo as músicas desse grande cantor nordestino. Eram músicas de ótimo conteúdo, e que cativavam toda a nossa família. Sinto muitas saudades daquele tempo. Valeu pelo texto e pela lembrança! :-)

Mistérios do Vale disse...

Muito interessante o blog, seu trabalho. Convido-o a conhecer o http://misteriosdovale.blogspot.com
Paz e bem!

Sônia Gabriel